Quem é Rafael Fideles? Um pouco sobre mim e o Canal VRXP

Olá pessoal! Se você é novo na comunidade, bem-vindo! Nesse post vou falar um pouco sobre quem eu sou, o que faço e meus objetivos com o canal.

Sou mineiro, nasci em novembro de 86. Já moleque tive a oportunidade de viajar para fora do pais, pois vários membros da família estavam tentando o tão desejado "sonho americano". Até os 6 anos já tinha ido duas vezes aos EUA, e com sete anos fui para a Colômbia morar com meu pai que tinha casado com uma colombiana. Em menos de um ano já estava de volta ao Brasil falando apenas espanhol. Após esse período, mudamos para o Espírito Santo, sonho de todo mineiro. Em 96 novamente fui para os EUA onde fiquei alguns anos estudando. Em 2000 voltei ao Brasil e no ano seguinte já estava de volta a terras americanas. Lembro que tive de fazer um teste para eles saberem se eu realmente falava inglês, e acabou que a moça aplicou o teste da oitava série, ou seja, pulei um aninho de escola. Em 2005 graduei na North Kansas City High School e em 2006 voltei ao Brasil e estou aqui até hoje. Esse é o período mais longo que já fiquei em um só lugar e meu instinto nômade já está voltando.

Sempre gostei de tecnologia, era daqueles que abria os brinquedos para brincar com os motorzinhos elétricos. Vídeo games também sempre estiveram presentes na minha formação. Sempre fui tímido, talvez sem saber eu estava honrando o lugar onde morei quando criança, o bairro Caladão.

Outra coisa que também sempre gostei muito é de arte e tudo ligada a ela, como desenhos e imagens. Por conta disso, após voltar dos EUA, me inscrevi em um curso técnico de Design Gráfico aqui em Vitória. Dois anos depois estava formado, abri minha empresa iDesigns e meti as caras no mundo do microempreendedor individual. Não posso esquecer claro dos grandes amigos que me ajudaram nesse período, grande Adriano (gênio do design, craque de futebol e mestre das artes marciais), que ficou alguns anos comigo até ser chamado para trabalhar para a gráfica do Estado e Douglas que sempre aparecia para dar aquela moral.

Desde os primeiros momentos em que o burburinho da realidade virtual emergiu, eu já estava interessado no assunto. Infelizmente, em 2013, pensar em ter uma experiência em VR era algo totalmente fora do alcance, isso só sendo possível em 2014, quando surgiu uma luz para todos os nerds e geeks pobres (a maioria) com o lançamento do Google Cardboard.

cardbard1

Em menos de duas semanas eu já tinha montado meu primeiro Cardboard, feito de papelão e um par de lupas de relojoeiro. Como sou fanboy da Google, por sorte minha eu já tinha um smartphone compatível, o Nexus 4. Desde então tenho feito upgrades gradativos dos meus headsets e meu celular atual é um Nexus 5 que comprei usado por R$ 600.

Ano passado, 2015, eu já queria ter montado o canal, mas admito que meu vício no jogo Destiny me fez perder muito tempo. Cansado já de formar equipamentos e armas nesse jogo, resolvi no começo de 2016 montar um canal para falar sobre realidade virtual. Criei então o VR Experience. O canal foi feito em inglês não apenas para abranger o máximo de pessoas, mas também para eu praticar meu inglês que estava um pouco enferrujado. O único canal Brasileiro que lembro de seguir era o NoSimula, do Ricardo Moraes, pois falava de VR mas também da minha outra paixão que são jogos de corrida.

O canal começou devagar, obviamente como quase todo canal deve começar, ainda mais sobre um assunto tão específico e novo como realidade virtual. No decorrer dos meses percebi que a grande maioria do público era brazuca, então não tinha para onde fugir: bora fazer um canal em Português também, pois legendar é trabalhoso demais.

Na empolgação já tinha registrado domínio, simplificado o nome e criado o conteúdo das redes sociais. Agora vou começar um novo capítulo com a galera da comunidade brasileira, que é bem mais acessível que o pessoal de fora e estão sempre prontos para apoiar, trocar ideias e dar aquele like maroto antes de assistir o vídeo :D

O objetivo do canal/website VRXP é ser sua porta de acesso à tecnologia de realidade virtual. Farei avaliações, darei opiniões sobre a indústria, gameplays, reações com pessoas que nunca testaram VR e tutoriais para ajudar todos a terem a melhor experiência possível no mundo virtual. Em fevereiro também comecei a cursar Jogos Digitais em uma faculdade aqui perto de casa, e pretendo desenvolver experiências educacionais com o aprendizado.

Já comprei um Oculus Rift e uma placa de vídeo nova (GTX 1060) para aguentar o tranco. Só estou esperando alguém lá de fora trazer os equipamentos para não ter que pagar R$ 3 mil Temers de impostos, por que ninguém aguenta...

rift houston

Se quiserem saber mais alguma coisa sobre mim, perguntem abaixo nos comentários, abraço!

Inscreva-se no canal!


Deixe seu comentário: